Lojas de Vinho em Porto Alegre: Enoteca Decanter e Armazém dos Importados

O blog Movido a Vinho traz desta vez uma dobradinha: vamos falar da Enoteca Decanter e do Armazém dos Importados, dois endereços sob a mesma direção, mas com personalidades distintas.

Apesar das diferentes propostas, os dois endereços compartilham a seleção criteriosa de vinhos para consumidores exigentes

Apesar das diferentes propostas, os dois estabelecimentos compartilham a seleção criteriosa dos vinhos

Queria começar o post descrevendo minha primeira visita à Enoteca Decanter, há mais de meio ano. Fui à loja para conhecer o Wine Bar, após o trabalho. Logo na entrada, me ofereceram uma taça para degustação.

Sei que a ideia não é nem um pouco incomum: algumas lojas dão até mais destaque a esse momento, acrescentando um petisco ou levando alguém da vinícola para falar sobre o produto. Todas essas iniciativas são muito válidas, cada uma com seu peso.

O que me pegou desprevenido foi justamente o que o gesto teve de despretensioso. Por se tratar de um dia de pouco movimento e, ainda por cima, de um cliente do Wine Bar (eu anunciei isso na entrada), a taça não me induziu a comprar mais naquele dia, nem a beber mais. Foi um agrado, somente isso. Mesmo assim, me deixou bem à vontade na loja e fez de mim um cliente regular.

Loja Decanter em Porto Alegre

Exclusividade em vinhos, sem ostentação

Localizada nos altos da Lucas de Oliveira, a Enoteca abriga quase 2.000 rótulos em uma casa reformada – a maior parte são importados, mas há cerca de 200 vinhos brasileiros. O local transmite, ao mesmo tempo, uma sensação de refinamento e um ar amigável, como se estivéssemos chegando a um jantar exclusivo, para o qual fomos pessoalmente convidados.

O Armazém dos Importados, por sua vez, fica na Padre Chagas, rua que dispensa apresentações no cenário porto-alegrense. Essa loja tem uma proposta mais dinâmica: o espaço é menor e a variedade mais restrita, porém representativa do catálogo da Decanter (tanto nos preços como nos países produtores). Para quem está com pouco tempo, essa distribuição facilita compras rápidas, sem prejuízo à qualidade do produto comprado.

Armazém dos Importados em Porto Alegre

Vinhos diferenciados, em versão “loja de conveniências”.

Inaugurada em 2009, a Enoteca Decanter consolida a proposta inaugurada no Armazém, que desde os anos 1990 busca oferecer vinhos de qualidade para todas as situações. O grupo possui virtualmente todo o catálogo da Importadora Decanter (de quem são parceiros desde 99), além de alguns espaços diferenciados na Enoteca – como sala de eventos e Wine Bar (volto a isso ao final).

“Muitas vezes as mesmas pessoas frequentam as duas lojas, mas compram vinhos diferentes, consomem de forma diferente”, explica Rômulo Mignoni, proprietário e entusiasta do mercado de vinhos. Segundo ele, as duas lojas têm em comum a importância atribuída à qualificação da equipe – com um total de seis enólogos trabalhando na rede! Além disso, todos os vendedores têm ao menos título de sommelier – o que garante competência para atender clientes exigentes e ajudar consumidores novos a se aventurar no mundo do vinho.

E não faltam alternativas para essa aventura: eles se orgulham de estar entre as raras importadoras de “vinhos laranja” (tema que merece um post a parte) e de ter a melhor carta de vinhos italianos do Brasil. A seleção da Enoteca Decanter e do Armazém dos Importados inclui ainda raridades de países menos conhecidos (como a Eslovênia) e de distribuição limitada (como o Brunelo de Soldera).

O gerente da Enoteca Decanter, Clederson, ao lado dos Sauternes.

O gerente da Enoteca, Clederson, ao lado das opções de vinhos doces

O desafio está em manter a variedade da carta sem perder a consistência: “Gostamos que o produtor faça aquilo que ele acredita ser ‘o melhor vinho’. Não vamos atrás de um vinho por ser biodinâmico ou ter outra característica específica, a não ser que seja um bom vinho”, conta Rômulo. Nessa linha, a prioridade são os vinhos destacados por guias locais, como o Guia Penín na Espanha e o Gambero Rosso na Itália – priorizados frente aos vinhos pontuados por grandes revistas internacionais (como a Wine Spectator e a Wine Advocate).

Tal seleção resulta em produtos raros no mercado nacional: “Nosso maior produtor de ‘Brunelo’ faz 90 mil garrafas por ano, contra fabricantes comerciais que vendem 1 milhão de garrafas”, afirma Rômulo. Em números, esse trabalho soma 1787 vinhos importados, 17 países (sem contar o Brasil) e mais de 140 regiões. Há vinhos de R$ 30,00 até R$ 15 mil, mas com uma evolução gradual que contempla as diversas faixas intermediárias de preço.

IMG_5580

Wine Bar é uma atração a parte – no reflexo, Rômulo fala sobre a loja

Essa variedade facilita o trabalho do grupo com restaurantes que desejam montar cartas exclusivas – com foco na harmonização entre o cardápio e os vinhos. Além disso, alimentam o Wine Bar da Enoteca Decanter, que conta com equipamento para serviço em taça. Essa tecnologia ajuda quem deseja provar um número maior de vinhos sem ter de investir em garrafas inteiras.

O Wine Bar dispõe ainda de petiscos e alimentos leves (mas sem refeições mais pesadas). Para quem quiser levar essa proposta para casa, há opções de comidas e aperitivos gourmet em ambas as lojas (com destaque para o Armazém).

IMG_5584

Sala preparada para receber eventos

Já o espaço de eventos acolhe confrarias e grupos de degustação, além de jantares harmonizados e, ocasionalmente, encontros com produtores. Entre os eventos de destaque está o Decanter Wine Show, que chegou a reunir 130 produtores em Porto Alegre (mas não se repete há dois anos). Pessoalmente, adoraria saber que um novo Wine Show está sendo programado!

Bem, minha proposta nestes posts está sendo contar um pouco daquilo que cada uma das lojas de Vinho de Porto Alegre oferece. Sinto que, em se tratando do Armazém e da Enoteca Decanter, cumpri esse papel da forma mais imparcial que pude. Apesar disso, me despeço mandando um agradecimento sincero ao Rômulo e a toda a equipe da loja, em especial ao Clederson e ao Jefferson, pela qualidade do atendimento que sempre me ofereceram. Esse elogio não tem como ser neutro, mas é justo e reflete o trabalho deles.

8 comentários sobre “Lojas de Vinho em Porto Alegre: Enoteca Decanter e Armazém dos Importados

  1. Pingback: Vinho em agenda: 29 de maio a 7 de junho | Movido a Vinho

  2. Pingback: Lojas de Vinho em Porto Alegre: de volta ao rumo | Movido a Vinho

  3. Pingback: Programas de Vinho em Porto Alegre – Wine Bar da Decanter | Movido a Vinho

  4. Pingback: Vinho em agenda: 6 a 12 de junho | Movido a Vinho

  5. Pingback: Vinho em agenda: 12 a 19 de junho | Movido a Vinho

  6. Pingback: Vinho em agenda: 20 a 26 de junho | Movido a Vinho

  7. Pingback: Vinho em Agenda: 27/06 a 03/07 | Movido a Vinho

  8. Pingback: Vinho em Agenda: 07 a 12/7 | Movido a Vinho

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s