Um ano de blog: estilo e identidade

O Movido a Vinho completa um ano essa semana. Preparamos algumas postagens para comemorar esse aniversário – compartilhando com os leitores nossas reflexões sobre o ano que passou e nossas ideias para o ano que inicia. Querem saber o que 2016 nos reserva?

No post de hoje, vamos discutir a identidade dos textos do site.

Brotação das videiras na Serra Gaúcha, em novembro de 2015. (foto: Álvaro Lima)

Brotação das videiras na Serra Gaúcha, em novembro de 2015. (foto: Álvaro Lima)

Na faculdade de comunicação, somos advertidos sobre o “nariz de cera”. Esta expressão, é usada para descrever um estilo de introdução de texto mais literário, que desvia da comunicação jornalística/factual. Felizmente, como se trata de um site autoral, esse é um recurso válido – o que basicamente quer dizer o seguinte: mais importante do que passar a informação crua, nosso objetivo é entreter o leitor, proporcionando conteúdo rico e uma leitura prazerosa.

O parágrafo acima sintetiza a maior lição de 2015: se os leitores estão gostando dos textos, estamos no caminho certo. Conteúdo e forma, se corretamente entrelaçados, levam a mensagem mais longe. Por essa razão, consideramos que o ano que passou foi bem sucedido em termos de resultados e muito válido no tocante ao aprendizado.

Interior de pipa de vinho, hoje readaptada para outros fins na Casa Fontanari (crédito: Gabi di Bella).

Interior de pipa de vinho, hoje readaptada para outros fins na Casa Fontanari (crédito: Gabi di Bella).

O que queremos melhorar
Bem, é chegada a hora da auto-crítica! Sim, alguns textos são um pouco longos e estamos trabalhando para mudar isso. Sempre que viável, vamos tentar entregar postagens mais curtas, sem mudar nosso estilo ou linguagem. Dessa forma será possível ler o texto numa sentada rápida, tomando um café ou esperando um elevador. Nesse tempo em que tudo é rápido e dinâmico, mais valem dois Versículos lidos do que um Evangelho largado às traças.

Outra mudança importante é que a partir de agora vamos compartilhar algumas avaliações de vinho (fizemos um primeiro teste nesta postagem). Não queremos nos passar por crítica especializada e nossas notas não serão técnicas. Apesar disso, dividir nossa opinião sobre o que bebemos é a forma mais honesta de dar aos leitores a experiência completa das nossas vivências. Sabemos que muitas pessoas buscam recomendações sobre vinhos em sites e blogs. Se o Movido a Vinho puder oferecer uma referência adicional aos consumidores brasileiros, chegaremos – oxalá! – mais perto do nosso objetivo de contribuir para difundir o vinho no mercado nacional.

Álvaro Lima é jornalista e entusiasta dos vinhos. Se entusiasma tanto com o assunto que às vezes esquece de escrever sobre o que está bebendo (mas vai tentar contornar esse probleminha em 2016).

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s